domingo, 29 de abril de 2012

Um brinde à arte! Uma salva de palmas aos bravos artistas alagoanos!

 Hoje, 29 de abril, é o Dia Internacional da Dança! Você sabia disso? Eu não. Foi instituído pela UNESCO em 1982.

 Descobri de uma forma que me encantou. Um grupo de bailarinos estava dançando pelo Shopping Maceió para fazer a divulgação. Mais que uma divulgação, eles estavam pleiteando um espaço.

 A apresentação me encantou. Tem que se ter, no mínimo, coragem, e nem todos tiveram, para vencer as barreiras e dançar no meio do Shopping para pessoas que poderiam não estar interessadas. A maioria não estava. Poucos pararam o que estavam fazendo para ver e alguns dos que estavam vendo eram acompanhantes dos bailarinos.

 Eu estava! E não era porque entre eles estava uma bailarina de cadeira de rodas reconhecida por todos os cantos pelos quais passa. Eu já tinha visto a Gabi dançar e já sabia do que ela era capaz e o que representava para nós. Quase ninguém lá sabia.

 Uma das bailarinas fez uso da voz e bradou por que déssemos valor à cultura. Não damos!! Eu dou!!

 Aquela apresentação me emocionou. Fui pega tão de surpresa que não consegui nem tirar uma fotozinha. E acredito que eu não tenha sido a única emocionada. Entre os poucos que se dispuseram a apreciar, tenho certeza de que muitos foram tocados pela beleza que representa a arte.

 O que falta para que a arte tenha mais atenção da sociedade? Que os governantes dela se ocupem com mais vontade?

 Sabe o que a moça disse? Que é mais reconhecida FORA DO NOSSO ESTADO. Que por onde ela anda, todos pensam que ela é do SUDESTE (sim, só do Sudeste mesmo, ela falou em Rio, São Paulo e Belo Horizonte; e falou mais, que, quando ela dizia que era de Alagoas, todo mundo pensava, APENAS de Alagoas?!).

 Teria a arte, e consequentemente, a cultura, a ver com desenvolvimento? Como se pode ver, sim!

 Ser artista aqui deve ser difícil. Hoje mesmo uma amiga ganhou um prêmio lá no Sudeste! Um prêmio de arte.

 Por aqui, poucos são os que a incentivam. E ela tem talento! Lógico que tem, acabou de ganhar um prêmio no Sudeste. Foi o primeiro lugar.

 Você não sabe quem ela é. Poucos sabem! Não damos valor aos nossos artistas. Conheço vários que são reconhecidos fora daqui. Você não deve conhecer. Alguns chegam ao absurdo de tentar convencê-los de que o que eles fazem não tem valor. Será?!

 O que está faltando para que essas pessoas tenham o reconhecimento devido? O que buscavam aqueles bailarinos do Shopping?

 Para ajudar na reflexão do leitor, segue o vídeo de Alice Jardim, TODAVIA (esse é o nome, viu, não é a conjunção adversativa - é isso mesmo? - fazendo seu papel não!): grande campeão da Mostra Competitiva Nacional Vivo ARTE.MOV 2011/2012. Um vídeo encantador, eu diria mais, corajoso, ousado!

 E, com ele, encerro, dando às meninas que nele trabalharam meus parabéns. Desejo-lhes que o mundo possa continuar se encantando com seus talentos.

Link para o vídeo: TODAVIA

2 comentários:

  1. Adorei seu post, Dani.
    Até me emocionei... hehehehe
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Celineee!!! Estamos juntas na torcida por ela!!! Beijão!!

      Excluir